Editorial

As urnas são logo ali

13 de Março de 2018 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Muitos eleitores gaúchos ainda não perceberam, mas a corrida ao Palácio Piratini já tem atletas em pleno aquecimento, quase prontos para a largada. Só não se posicionaram ainda na linha de partida por força da legislação, que os impede de mostrar o rosto oficialmente e apresentar suas propostas.

No último sábado, nomes fortes ao pleito estiveram ao contato com o público, embora reservado, em solenidades que não deixaram de, direta ou indiretamente, servir para tocar no assunto.

O ex-prefeito de Canoas, Jairo Jorge (PDT), twittou em sua conta: "Em Taquari no aniversário do meu amigo vice-prefeito André do PDT, junto com @deputadovieira @afonso_motta @gilmarsossella e o prefeito Maneco. André é um parceiro e um entusiasta da nossa Pré-candidatura ao Governo do Estado."

Em Pelotas, no mesmo dia, o ex-prefeito da cidade, Eduardo Leite (PSDB), reuniu mais de mil amigos e convidados para celebrar seu aniversário, num evento que reforçou a ideia de que ele será o nome dos tucanos às eleições de outubro.

Por sua vez, Mateus Bandeira (Novo) concedeu entrevista na capital semana passada, apresentado como candidato ao governo do Estado nas eleições. Essa será sua primeira experiência a um cargo eletivo, embora já tenha ocupado postos no Executivo estadual. Na entrevista, Bandeira falou sobre um dos pontos-chave da campanha para todos os partidos: a privatização do Banrisul.

Já o governador José Ivo Sartori (PMDB) intensificou sua presença em solenidades e anúncios que envolvem ações do governo. No site oficial do poder gaúcho ontem pela manhã, sua foto aparecia em oito chamadas de notícias e vídeos, enquanto as palavras "Sartori" e "governador" apareciam seis vezes. Numa das fotos, faixa com a frase "Obrigado governador Sartori pela inclusão de Pinto Bandeira no projeto Crema Bento".

Da forma como a legislação permite, a corrida está nas ruas, com pré-candidatos à espera do calendário eleitoral e da autorização para iniciar o diálogo com os gaúchos. E esse cenário será cada vez mais intenso a partir de agora.


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados