Estilo
Livros

Dona de vários Jabutis

Escritora premiada apresenta contos que dialogam coma infância, o envelhecer e a morte

07 de Abril de 2018 - 20h31 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Um dos maiores expoentes da literatura brasileira, a premiada escritora Maria Valéria Rezende lança seu mais novo livro pela editora Penalux. Intitulado A face serena, a obra reúne contos que mostram a evolução e o amadurecimento de protagonistas que experimentam o contato com o outro, crescendo e relacionando-se com seus modelos familiares, enquanto no seu próprio desabrochar descobrem a violência dos sentimentos humanos, como a inveja e a ansiedade.

A ideia principal do livro é propor um refazer de percurso de vida, um relembrar reflexivo das primeiras experiências, como, por exemplo, o medo, a angústia, a cumplicidade com os avós, o calor dos primeiros modelos infantis e o descobrimento de um mundo cheio de possibilidades, e seu desenrolar-se, nem sempre feliz, ao longo dos anos.

Segundo os editores Wilson Gorj e Tonho França, os contos de Maria Valéria permitem ao leitor acompanhar as primeiras descobertas dos personagens e a potência de um sentimento puro e descontaminado de um tédio muitas vezes decorrente da vida adulta.

Sobre a autora
Vivendo atualmente na Paraíba, Maria Valéria Rezende é natural de Santos (SP). Escreve ficção, poesia e é também tradutora. É formada em Língua e Literatura Francesa, Pedagogia e mestre em Sociologia.
Entre as obras publicadas estão O voo da guará vermelha (Objetiva, 2005), publicada em Portugal e na França, além de duas edições na Espanha (espanhol e catalão). Ganhou o prêmio Jabuti em 2009, na categoria infantil, com No risco do caracol (Autêntica, 2008) e, em 2013, categoria juvenil, com o romance Ouro dentro da cabeça (Autêntica 2012).

Também ganhou o Jabuti de melhor romance e livro do ano de ficção com Quarenta dias (Alfaguara, 2014). Em 2017, seu romance Outros cantos ganhou o Prémio Casa de las Américas (Cuba), o Prêmio São Paulo e o prêmio Jabuti (3º lugar). Participa do Movimento Mulherio das Letras.

Comentários Comente

REDES SOCIAIS

Diário Popular - Todos os direitos reservados