Rumo à Rússia

No último teste antes da Copa, Brasil vence a Áustria

Seleção vence a Áustria com boa atuação e parte em busca do sexto título mundial

10 de Junho de 2018 - 12h56 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

41813836555_7e686ef81d_k

Gabriel Jesus deixou sua marca no último jogo antes o Mundial da Rússia (Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

A uma semana da estreia na Copa do Mundo, a seleção brasileira venceu neste domingo (10) a Áustria, em Viena, por 3 a 0. O jogo foi o último teste da equipe comandada por Tite, que já embarca rumo à Rússia para os últimos treinamentos antes de enfrentar a Suíça, primeira adversária no torneio.

Escolhida a dedo pela comissão técnica por conta da forte marcação e do jogo de imposição física que se assemelha ao da equipe a ser enfrentada no próximo domingo, a seleção austríaca confirmou a expectativa. No primeiro tempo, poucos foram os espaços encontrados pelo ataque brasileiro. Neymar, Coutinho e Gabriel Jesus buscavam as tabelas pelo meio, mas encontravam pela frente um paredão de zagueiros.

No ataque. a Áustria chegou a ameaçar no começo do jogo, com algumas boas chegadas do atacante Arnautovic. Porém, desta vez a zaga do Brasil se comportou com mais segurança em comparação ao amistoso anterior, contra a Croácia.

A muralha defensiva austríaca foi rompida aos 34 minutos. Após o rebote de uma bola levantada para a área, Marcelo chutou forte, a bola espirrou e caiu nos pés de Gabriel Jesus. Dentro da grande área, na ponta esquerda, o camisa 9 colocou a bola em curva, com categoria, no canto oposto.

Na segunda etapa, o jogo brasileiro fluiu melhor. E Tite aproveitou para fazer mudanças no time para observar alternativas. Colocou Marquinhos no lugar de Thiago Silva e Fernandinho na posição de Casemiro.

Pouco depois das mudanças, o segundo gol. Um golaço, aliás. Neymar recebeu na área, frente a frente com o zagueiro Dragovic. O 10 do Brasil fintou com o corpo, penteou a bola e deixou o zagueiro desmoronado na grama. Aí foi só tocar por baixo do goleiro e sair para o abraço. Brasil 2 a 0.

Filipe Luís e Firmino ganharam chances de Tite em seguida. Substituíram Marcelo e Gabriel Jesus.

Faltava o gol do terceiro craque do ataque brasileiro. E ele saiu aos 23 minutos logo após jogada de Firmino. Coutinho recebeu o passe pela esquerda e tocou na saída do arqueiro para fechar o placar.

Antes do fim da partida, o pelotense Taison ainda teve tempo de entrar em campo substituindo Coutinho. Douglas Costa também jogou os minutos finais na vaga de Neymar.

Foi a 17 vitória da seleção brasileira em 21 jogos comandados por Tite. Com o treinador o time marcou 47 gols e sofreu apenas cinco. Um balanço que deixa jogadores e comissão técnica confiantes para a disputa na Rússia.

Agora é tudo Copa do Mundo. No próximo domingo (17), às 15h, o Brasil faz a primeira partida na fase de grupos contra a Suíça.

Ficha técnica

Áustria (0) - Lindner; Hinteregger, Dragovic e Prödl; Lainer; Grillitsch (Zulj), Burgstaller, (Schlager), Baumgartlinger, Alaba e Schöpf (Hiërlander); Arnautovic. Técnico: Franco Foda

Brasil (3) - Alisson; Danilo, Thiago Silva (Marquinhos), Miranda e Marcelo (Filipe Luís); Casemiro (Fernandinho), Paulinho, Phillipe Coutinho (Taison), William e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Firmino). Técnico: Tite

Gols - Gabriel Jesus, Neymar e Phillipe Coutinho

Cartões amarelos - Prödl e Schöpf

Arbitragem - Viktor Kassai, auxiliado por Oszkar Lemon e Zsolt Varga (trio da Hungria)

Local - Estádio Ernst Happel, na Áustria


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados