Complicado

Brasil perde para a Ponte Preta na Baixada

Rubro-negro não conseguiu resistir à velocidade do ataque da Macaca e se complica na Série B

09 de Junho de 2018 - 23h08 Corrigir A + A -

Por: Vinicius Peraça
vinicius.peraca@diariopopular.com.br 

Gabriel Huth_5030p

Rubro-negro suou muito para tentar vencer a defesa da Ponte, mas deixou espaços e foi surpreendido nos contra-ataques (Foto: Gabriel Huth - Especial DP)

O Brasil perdeu para a Ponte Preta por 2 a 0 no estádio Bento Freitas na noite deste sábado (9). Em partida em que o ataque rubro-negro tentou pressionar, mas não conseguiu furar a defesa adversária, quem levou a melhor foram os velozes homens de frente do time campineiro. Em duas jogadas no final do primeiro e do segundo tempo, a equipe visitante marcou e piorou a situação rubro-negra na Série B.

Em uma primeira etapa equilibrada, o Xavante foi criar sua primeira chance aos 16 minutos. Lourency cabeceou bem e o goleiro Ivan tirou em cima da linha.

Depois disso, outra chegada muito perigosa pouco antes dos 40 minutos de jogo. Itaqui cobrou falta de longe, com força. A bola explodiu no travessão. Parecia que o gol rubro-negro estava prestes a sair.

Porém, quase no final do primeiro tempo, aos 44, Murilo aproveitou o rebote de Pitol após a defesa de um chute forte de fora da área e fez 1 a 0 para a Ponte Preta. Antes do intervalo, Sciola quase empatou.

Segundo tempo saiu barato
Na segunda etapa, a Macaca usou a inteligência. Sabendo da pressão sofrida pelo Brasil, recuou e apostou na velocidade dos contra-ataques. E deu certo. A cada chegada, um susto para a torcida.

Mesmo assim, o Xavante só não empatou por conta de um milagre do goleiro Ivan. Um não, dois. Aos 28 minutos, Lourency ganhou disputa na linha de fundo e bateu em direção ao gol. O arqueiro espalmou e ela caiu no pé de Michel que, na pequena área, finalizou e Ivan tirou sobre a linha.

O castigo pelo gol perdido foi duro. Aos 41 minutos, em um ataque rápido pela ponta esquerda, o time de Campinas finalizou duas vezes e Pitol defendeu. Mas na terceira sobra, na marca do pênalti, Paulinho empurrou para a rede: 2 a 0 Ponte.

Com o resultado o Brasil se mantém muito próximo da zona de rebaixamento, com apenas 10 pontos. Na próxima rodada a equipe enfrenta o Fortaleza, no Castelão. A partida será sexta-feira (15), às 19h15min.

Ficha técnica

Brasil (0) - Pitol; Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e William Machado; Leandro Leite, Toty (Caio), Itaqui, Calyson (Wellington Júnior) e Lourency; Luiz Eduardo (Michel). Técnico: Clemer

Ponte Preta (2) - Ivan; Igor, Léo Santos, Renan Fonseca e Orinho; Nathan, André Castro (Paulinho), Tiago Real e Danilo Barcelos; André Luís (Murilo) e Júnior Santos. Técnico: João Brigatti

Gols - Murilo (44min/1T) e Paulinho (41min/2T)

Cartões amarelos - Calyson e Leandro Leite (B), Danilo Barcelos, Renan Fonseca, Orinho, Tiago Real e Igor (PP)

Arbitragem - Rodrigo Raposo, auxiliado por Lucas Guerra e Leila Naiara da Cruz

Local - Estádio Bento Freitas


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados