Futebol

Com a cabeça na Primeira Liga

Brasil precisa vencer o tricolor carioca para garantir classificação

21 de Abril de 2017 - 09h01 0 comentário(s) Corrigir A + A -
Teco acredita que tricolor carioca tem um grande elenco (Foto: Carlos Insaurriaga - AI GEB)

Teco acredita que tricolor carioca tem um grande elenco (Foto: Carlos Insaurriaga - AI GEB)

Faltam poucos dias para o torcedor rubro-negro acabar com sua abstinência sem acompanhar seu time do coração. Na próxima quarta-feira, a partir das 19h30min, o Brasil volta a entrar em campo. E o confronto é um dos mais importantes do ano. A equipe xavante vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Fluminense, em confronto válido pela 3ª rodada da fase classificatória da Primeira Liga. Para o Brasil, só a vitória interessa. Com isso, o técnico Rogério Zimmermann segue trabalhando visando ao resultado positivo. 

Na quinta-feira (20), em entrevista coletiva, o zagueiro Teco comentou sobre o confronto, que pode melhorar a imagem após o péssimo Gauchão. “Temos a consciência que não fizemos uma campanha digna para o tamanho do Brasil. Quando entramos em campo sempre prometemos raça e outras coisas. Mas não posso prometer que vamos chegar ao Rio e golear o Fluminense. Vamos buscar fazer o nosso melhor. E depois do Fluminense tem a Série B. De um jeito ou outro, será um grande teste para a nossa principal competição do ano”, completou.

O defensor também falou sobre a possibilidade do grupo carioca utilizar uma equipe descaracterizada. “A maioria das equipes que estão na Série A está jogando com equipes reservas ou mistas. O próprio Criciúma, que está na B como a gente, quando veio aqui utilizou um time sub-23. Sabemos que eles estão envolvidos com as finais do Carioca. Pela qualidade do elenco do Fluminense, uma das melhores equipes do país, será um confronto muito complicado, até porque temos que conquistar a vitória”, finalizou.

Reforços
O Brasil segue em busca de reforços. O atacante Elias e o goleiro Marcelo Pitol têm acerto encaminhado e devem ser anunciados nos próximos dias. Outro nome especulado é o do centroavante Ricardo Bueno, que estava no São Bento, clube onde também atuava Itaqui, único reforço até o momento. Bueno, de 29 anos, já passou por grandes clubes do país, como Grêmio, Palmeiras e Atlético-MG.


Comentários


  • Não há comentários, seja o primeiro a comentar!


Diário Popular - Todos os direitos reservados