Aumento

Reajuste do piso regional irá a votação nesta terça-feira na Assembleia

O projeto foi incluído na Ordem do Dia pelo presidente Edegar Pretto (PT), após reunião com o líder do governo na Casa, deputado Gabriel Souza (PMDB)

18 de Abril de 2017 - 11h26 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Após mobilização da centrais sindicais pela aprovação do reajuste, o PL 9/2017 será votado em plenário nesta terça-feira (18). O acordo para que o projeto seja incluído na Ordem do Dia foi proposto pelo presidente da Assembleia, deputado Edegar Pretto (PT), ao líder do governo na Casa, deputado Gabriel Souza (PMDB), em reunião ainda pela manhã na Presidência.

Semana passada, representantes da CUT, CTB e Nova Central foram recebidos na Assembleia para um café da manhã com o presidente Pretto e deputados e expuseram a angústia sobre o andamento da votação do projeto. Cobraram que as bancadas dessem acordo para a votação e solicitaram aos parlamentares presentes que defendessem na reunião de líderes não só a entrada da matéria em votação como também a apresentação e aprovação de uma emenda que garanta um aumento de 8,49% - ante os 6,58% propostos pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) - retroativo a 1º de fevereiro, data-base do chamado piso regional, como forma de repor uma perda de 1,89% ocorrida no ano passado, conforme cálculos do Dieese.

“Nossa luta e determinação como presidente do Legislativo é dar voz e luz àqueles que se mobilizam e lutam pelos seus direitos”, resumiu o presidente Edegar Pretto, reafirmando que o piso mínimo regional é uma conquista dos gaúchos.

Pretto também fez apelo ao líder do governo para que o Executivo negocie um bom termo ou retire o regime de urgência do PL 243/2016 e PL 245/2016 que tratam, respectivamente, sobre o estatuto dos militares estaduais e sobre o quadro de servidores penitenciários do Estado.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados