Futebol

Giancarlo reforça o Pelotas na Série A2

Atacante de 35 anos deve ser a principal referência do ataque áureo-cerúleo no estadual

07 de Dezembro de 2017 - 17h27 Corrigir A + A -
Atacante fez história no Paraná e foi artilheiro de todas as competições disputadas pelo Tricolor em 2014 (Foto: Fernando Freire)

Atacante fez história no Paraná e foi artilheiro de todas as competições disputadas pelo Tricolor em 2014 (Foto: Fernando Freire)

O candidato a principal referência no ataque do Pelotas na temporada foi anunciado pelo clube na tarde desta quinta-feira (7). O centroavante Giancarlo, de 35 anos, vai defender o Lobo na Série A2 do ano que vem.

O atacante iniciou a carreira no Londrina, em 2004. No Rio Grande do Sul, defendeu Novo Hamburgo, Juventude e Glória de Vacaria. Giancarlo teve ainda passagens por clubes de fora do país, como o Nacional, do Uruguai, o Estrela Amadora, de Portugal, o Nocerina, da Itália, e o Ittihad Alexandria, do Egito. No Brasil, vestiu a camisa de grandes equipes, como Chapecoense e Ponte Preta.

Com 1,90m, o jogador costuma ser referência dentro da área adversária. Já foi goleador de Gauchão e mais recentemente do Campeonato Paranaense pelo Paraná, em 2014, quando foi o artilheiro paranista em todas as competições disputadas - estadual, Série B e Copa do Brasil.

Em dezembro do ano passado o atacante foi anunciado como reforço do Cruzeiro para a disputa do Gauchão. Um mês depois, no entanto, deixou o Estrelado antes mesmo da estreia no estadual e partiu para o CSA, da Alagoas. Ficou apenas 45 minutos em campo, no segundo tempo da partida contra o Sport pela Copa do Brasil, e deixou a equipe alagoana um mês depois por questões jurídicas e em comum acordo.

Com a confirmação de Giancarlo, o Lobo já tem pelo menos nove atletas confirmados para a disputa da Série A2 em 2018. Além da novidade, estão acertados o volante Rodrigo Vitor, os laterais Alexandre Caxambu e Juliano Tatto, o meia Jean Roberto, o zagueiro Ricardo Bierhals, os goleiros Vinicius Parise e Giovani e o atacante Cléverson.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados