Primavera-verão

Novas tendências ocupam espaço das liquidações

As peças, com tecidos transmitindo mais leveza, chegam aos consumidores com 10% de reajuste

10 de Outubro de 2017 - 17h35 Corrigir A + A -

Por: Maria da Graça Marques
graca@diariopopular.com.br 

Inverno. Peças da estação passada ganham lugar especial na loja  (Foto: Jô Folha - DP)

Inverno. Peças da estação passada ganham lugar especial na loja (Foto: Jô Folha - DP)

Novidade. Blusa no modelo chocker traz um novo decote (Foto: Jô Folha - DP)

Novidade. Blusa no modelo chocker traz um novo decote (Foto: Jô Folha - DP)

Com estoque mais adequado às vendas, os lojistas praticamente concluíram suas liquidações, abrindo espaço para as novas coleções, que já estão nas vitrines e nas prateleiras. Nos preços, os reajustes não passam de 10%, garantem eles e junto com as modelagens, os tecidos transmitem leveza para a maioria das peças.

“O que mais se vê são estampas de flores”, diz em primeira mão a gerente Fernanda Starke, que fala também da tendência do suede - uma imitação da camurça - em várias peças. As blusas chocker são a novidade desta e da próxima estação, mostra Fernanda.

Outra tendência é dos conjuntos combinados de calça pijama ou short com camisas da mesma estampa. São peças mais amplas, como as saias plissadas abaixo do joelho, com preço médio de R$ 300,00, exemplifica a gerente. Nas cores, o rosée está bastante presente, como também o azul-claro - “e os tons pastel”, acrescenta a vendedora Sandra Carvalho.

Em loja próxima, a proprietária Arlete Schnneider avalia que o estoque para os dias frios praticamente acabou. “Fiquei com duas ou três peças”, diz Arlete. O jeans está presente em diferentes peças da nova coleção: das tradicionais calças a camisas, batas e vestidos. Nas batas, as estampas florais ganham espaço de destaque.

Nos preços, Arlete viu reajustes máximos de 10% nas compras que fez - a maioria de fabricantes de Santa Catarina. Para as vendas, está esperando que os dias quentes se estabilizem, para que elas aumentem. Fernanda, pelo contrário, comemora a fidelização das clientes, que manteve as vendas em crescimento nos últimos meses. O estilo mais descontraído nas vitrines aposta nas tendências para a primavera e o verão, diz.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados