Futebol

Montanelli irá priorizar a saúde

Vice-presidente de futebol ainda não sabe se continuará trabalhando como dirigente no Xavante

19 de Maio de 2017 - 13h00 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Montanelli pode deixar o cargo no Bento Freitas (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Montanelli pode deixar o cargo no Bento Freitas (Foto: Carlos Queiroz - DP)

O vice-presidente de Futebol do Brasil, Cláudio Fabrício Montanelli, passou mal durante a partida contra o Londrina na última terça-feira (16). Ano passado, o dirigente também havia sofrido problemas de saúde durante as partidas do rubro-negro na Série B do Brasileiro. A orientação médica era que ele se afastasse do clube. Porém, Montanelli seguiu. Hoje ele volta a realizar exames para verificar os motivos que o levaram ao caso clínico durante o confronto contra os paranaenses. Assim, não confirma se irá seguir trabalhando no dia a dia da Baixada.

"A orientação é descansar. Fazer exames até ter uma ideia do que ocorreu. Eu participei e nunca pensei em ver o Brasil onde está. Sou um torcedor que viveu 25 anos como dirigente. Não adianta forçar uma situação e acontecer algo pior", disse o dirigente.

Antes de sofrer o mal-estar, Montanelli apreciou o bom primeiro tempo do Xavante sobre o Londrina. Elogiou o desempenho de Rafinha, que começou pela primeira vez como titular, e demonstrou confiança no grupo montado para a Série B. Elenco aliás que não conta mais com o goleiro Anderson e o volante Galiardo. Para ocupar a vaga deixada por Galiardo, Amaral, que foi campeão gaúcho com o Novo Hamburgo, está sendo negociado. Quem também está em tratativas, mas para renovar, é o centroavante Gustavo Papa.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados