Futebol

Após dois títulos na Ucrânia em 11 dias, Taison é convocado para a Seleção Brasileira

Pelotense foi chamado pela terceira vez por Tite para vestir a amarelinha; retorno de Gabriel Jesus é uma das principais novidades para os amistosos na Austrália

19 de Maio de 2017 - 12h01 Corrigir A + A -
Tite promoveu o retorno de Gabriel Jesus à seleção após lesão no Manchester City (Foto: Divulgação/CBF)

Tite promoveu o retorno de Gabriel Jesus à seleção após lesão no Manchester City (Foto: Divulgação/CBF)

Taison ajudou o Shakhtar a conquistar dois títulos nas últimas duas semanas: o campeonato ucraniano e a Copa da Ucrânia (Foto: Divulgação/SD)

Taison ajudou o Shakhtar a conquistar dois títulos nas últimas duas semanas: o campeonato ucraniano e a Copa da Ucrânia (Foto: Divulgação/SD)

O técnico Tite anunciou na manhã desta sexta-feira (19) o nome dos 24 convocados para os próximos dois compromissos da Seleção Brasileira. A principal novidade foi o retorno de Gabriel Jesus, do Manchester City. O pelotense Taison mais uma vez foi lembrado pelo treinador.

O Brasil enfrenta Argentina e Austrália, nos dias 9 e 13, respectivamente. Os dois amistosos serão realizados em Melbourne. O preparador físico Fábio Mahseredjian explica que para esta convocação foram "poupados" atletas que atuam na Europa e não têm férias desde 2013, como Neymar e Daniel Alves. Além disso, jogadores que se recuperam de lesão ou que estão na final da Champions League também ficaram de fora. Apesar do argumento, Alex Sandro, finalista com a Juventus, foi chamado.

O zagueiro do Mônaco, Jemerson, é outra novidade na equipe, que contará ainda com o campeão alemão Rafinha, o corinthiano Rodriguinho e o retorno de David Luiz, do Paris Saint Germain. Apenas cinco dos 24 jogadores lembrados atuam no Brasil.

Taison foi convocado pela terceira vez por Tite para a seleção principal. O pelotense conquistou duas taças recentemente com o Shakthar Donetsk: o campeonato ucraniano por antecipação no dia 6 e a Copa da Ucrânia na última quarta-feira.

Tite destacou os jogadores chamados e garantiu que as partidas na Austrália serão uma boa oportunidade para vê-los em enfrentamentos de alto nível. "Os atletas devem concorrer com lealdade. Quanto mais qualidade técnica, melhor. Essa competição sadia deve, sim, existir entre eles, sempre de forma leal", concluiu.

Sob comando de Tite, a Seleção Brasileira tem nove vitórias em nove partidas disputadas e garantiu vaga na Copa do Mundo da Rússia de forma antecipada. Restam ainda quatro compromissos nas Eliminatórias para "cumprir tabela" e analisar a equipe. O próximo é só em agosto, contra o Equador, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na sequência, o Brasil pega ainda Colômbia (5 de setembro), Bolívia (5 de outubro) e Chile (10 de outubro).

Confira a lista dos convocados:

Goleiros:
Diego Alves (Valencia)
Weverton (Atlético-PR)
Ederson (Benfica)

Laterais:
Alex Sandro (Juventus)
Fagner (Corinthians)
Filipe Luís (Atlético de Madrid)
Rafinha (Bayern deMunique)

Zagueiros:
David Luis (Chelsea)
Gil (Shandong Luneng)
Jemerson (Monaco)
Rodrigo Caio (São Paulo)
Thiago Silva (PSG)

Meias:
Fernandinho (Manchester City)
Giuliano (Zenit)
Lucas Lima (Santos)
Paulinho (Guangzhou Evergrande)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Renato Augusto (Beijing Guoan)
Rodriguinho (Corinthians)
Willian (Chelsea)

Atacantes:
Diego Souza (Sport)
Douglas Costa (Bayern de Munique)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Taison (Shakhtar Donetsk)


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados